Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2013

Tertúlia na Primavera

Foi na solidão fria da noite que eu encontrei conforto para poder chorar a saudade que ficou do meu amigo Cursino, muito lembrado justamente por sua imagem solitária e rechonchuda. Ria franzindo o nariz e espremendo os óculos em suas bochechas gordas quando alguém lhe fazia troça.

A grandiosidade da cidade a minha volta fica menor quando me vem na lembrança a sua simplicidade. Como no dia em que eu o telefonei afobado para falar do trabalho e ele se adiantou em saudar esse amigo que aqui escreve.

Esse autêntico caipira pirapora - ele era exatamente como se descrevia - era um homem muito simples sim, mas muito inteligente e hábil tanto com as palavras quanto com os sentimentos que expressavam e foi justamente esse o maior vínculo de nossa amizade.

Sinto me muito honrado e também orgulhoso por ter sido dele um pupilo. Trocavamos contos, falavamos sobre livros política, faziamos piadas. Hoje me recordo orgulhoso dos muitos contos que recebi dele, da alegria em compartilhar …