21 de setembro de 2014

Semáforos, telhados verdes e outras sugestões para o Haddad.

A cidade de São Paulo, é a maior cidade do Brasil e uma das maiores do mundo.

Além disso, a cidade é o centro de megalópole, conhecido como Grande São Paulo e o prefeito da cidade, apesar de ocupar o mesmo cargo que seus outros colegas precisar atuar nas mudanças e situações que a cidade enfrenta de uma forma mais integrada.

A minha crítica ao prefeito Haddad (e outros), não é pela criação de faixas de ônibus ou ciclovias, mas pela falta de planejamento (como pintar as faixas as 20h de uma sexta-feira) e na falta de outras ações.

- Um grande gerador de trânsito é a programação errada de semáforos, a CET deveria atuar olhar para isso também.

- Outro gerador de trânsito, gastos com saúde e perda de vidas (principalmente de jovens, moradores da periferia) são os acidentes com motos, que parecem não terem leis a parte, e andam entre ad faixas. Uma opção seria liberar os corredores de ônibus para as motos que são mais rápidas que os ônibus.

- A distribuição de água é responsabilidade do Estado, mas ela afeta diretamente a cidade. A captação e o reuso da água são opções que poderiam ser incentivadas pela cidade.

- Para reduzir a poluição e melhorar o clima, o prefeito poderia incentivar mais telhados verdes, realidades em muitos lugares.

- Essas duas últimas, ajudam também no combate as enchentes e além delas, a prefeitura poderia incentivar que os estacionamentos da cidade, usassem um solo com grama ao invés de asfaltos.

Acredito que essas são apenas algumas propostas, que poderiam ser praticadas pelo prefeito.

Postar um comentário