1 de setembro de 2013

O mesmo lugar, muitas visões.

Mesmo lugar, muitas visões.

Penso muito sobre o fato de fazer muitas fotos do mesmo lugar, mas a cada dia que eu olho, vejo uma paisagem diferente, vejo algo novo.

É o mesmo lugar, são os mesmos prédios, o mesmo céu (outra luz, outras nuvens sim, mas o mesmo céu), o mesmo ângulo.

Então, como pode ser diferente? O que muda?

A diferença quem faz sou eu, quem muda de verdade sou eu.
A cada dia tenho uma nova ideia, uma nova visão, um novo sonho, uma nova realização, um novo sentimento.

por: Conrado Tramontini
Postar um comentário