14 de fevereiro de 2007

Governo admite que valor "é totalmente desatualizado e totalmente injusto"

Exatamente meu povo, você acharam que nunca haveria no Brasil um governo que admitisse que o valor cobrado é, nas palavras do ministro Celso Amorim, totalmente desatualizado e totalmente injusto?

Pois estão enganados. Nosso Presidente Lula se reuniu com o presidente da Bolívia, Evo Morales, para negociar o valor do gás, importado pelo Brasil. A reunião foi dada como "auspiciosa" (não achei o significado disso, mas quer dizer algo como "excelente").

A Bolívia conseguiu nesta quarta-feira reajustar de US$ 1,19 para US$ 4,20 o preço do gás para a Termocuiabá, que abastece o Mato Grosso. O reajuste representa um aumento de 252%
(Quarta, 14 de fevereiro de 2007, 21h11 - Fonte: INVERTIA)


Achei de certa forma irônico e estou cansado de ver esse mundo rodar em torno do petróleo.

Gostaria muito que alguém aparecesse na televisão com um carro a hidrogênio e energia solar de baixo custo e filmassem os xeiques do Oriente, Bush, Evo Morales e essa cambada perguntando o que eles achavam daqulo. Aposto meu braço esquerdo que todos iam ficar com cara de bosta! Ah sim ... isso sim seria divertido de se ver.
Postar um comentário